Basilio Machado
Professor e Jornalista

O Ibope e a boiada

Política - 26 de outubro de 2020
Basilio Machado

Após terminar a série de entrevistas com os candidatos a prefeito de Cachoeiro, pela Rádio Cachoeiro FM, um detalhe me chamou a atenção: não ouvi de qualquer dos 10 candidatos da oposição uma crítica capaz de ferir de morte a gestão do atual prefeito e candidato à reeleição, Víctor Coelho (PSB). Tampouco que viesse manchar o seu legado na administração do município.

O máximo que se conseguiu foi repetir a ladainha da “invasão” de estrangeiros na Prefeitura e chamar o prefeito de preguiçoso. Ambas as acusações foram facilmente defendidas pelo próprio candidato governista. Na verdade, expressaram mais a carência de argumentos da oposição, passando longe da crítica com poder de manchar a imagem de Víctor. Por esse caminho, vai ser mais difícil.

A dificuldade de se achar uma brecha que pudesse dificultar a reeleição do prefeito reflete nas pesquisas eleitorais que reiteradamente o colocam num patamar superior aos demais. Na última, feita pelo Ibope e publicada por A Gazeta, Víctor desponta com 51% das intenções de voto, contra menos de 10% de seus principais adversários. A rejeição ao prefeito também é baixíssima, mal alcançando os 20%. Considerando que está em pleno exercício do cargo, é pra soltar foguete.

O resultado da sondagem do Ibope também jogou uma ducha de água fria em algumas candidaturas que ensaiavam deixar o casulo. Os números mostraram que o efeito “boiada” capaz de polarizar a eleição não está acontecendo. Ao contrário, se as anotações se confirmarem numa próxima pesquisa, mesmo que de outro instituto, ficará latente que os indecisos estão optando em ir para a situação. É o famoso “não quero perder meu voto” fazendo estrago por aí.

Claro que ainda é cedo, dirão aqueles que acreditam numa “virada” na hora das urnas confirmarem ou não as pesquisas. A menos de 20 dias da eleição, algo improvável pode acontecer. Não seria a primeira vez. Contudo, acho mesmo é que o cachoeirense está mais reticente em trocar o certo pelo duvidoso. Mesmo que ainda falte muita coisa pra nossa cidade e a nossa gente viverem com a dignidade que merecem. Até.

Outros

Instagram

Twitter