Itapemirim e seus aviões amarelos devem voar a partir de março

Economia - 26 de fevereiro de 2021
Redação

O primeiro avião da ITA Transportes Aéreos, do Grupo Itapemirim, já chegou ao Brasil. O primeiro avião que vai compor a frota da companhia aérea, ainda não tem autorização para voar.

Segundo a  Agência Nacional de Aviação Civil (Anac)  ter os aviões não é o suficiente para operar no país e que é preciso que a empresa tenha uma certificação de operação de voos comerciais. A ITA já tem um processo em andamento no órgão que está na fase quatro das cinco necessárias para obter a autorização.

A fase quatro, de acordo com a agência, é a fase prática do processo, em que ocorrem as inspeções das bases de operações e manutenção, avaliação dos treinamentos, voos de avaliação operacional e exame dos tripulantes, por exemplo.

Já a etapa seguinte (e última) é mais administrativa e serve para saber se a empresa foi aprovada em todas as inspeções e demonstrações. Se tudo estiver correto, a empresa recebe a certificação.

A ITA vai operar voos comerciais, como ocorre com empresas como Gol, Azul, e Latam. Os planos já divulgados pelo grupo preveem o início das operações aéreas até o fim de março. Entretanto, ainda não há previsão de quando todo esse processo legal de certificação será concluído.

AERONAVE AMARELA

A primeira aeronave adquirida pela Itapemirim é um Airbus 320, que está temporariamente no Aeroporto de Natal, no Rio Grande do Norte, após chegar da Espanha.

Ela seguirá para um hangar em São José dos Campos, em São Paulo, onde será customizada com a cor amarela, que também identifica os ônibus da Itapemirim. Nas redes sociais, a empresa já mostrou uma projeção de como deve ser o layout dos aviões.

O presidente da empresa, Sidney Piva de Jesus, afirmou que a pandemia tem dificultado a importação das aeronaves, mas que acredita que mais aviões estarão no Brasil até fim de março, quando as passagens começarão a ser vendidas, informou em entrevista à coluna Radar Econômico, da Veja.

Piva afirmou ainda que o voo inaugural será entre Vitória e Brasília, previsto para acontecer até o fim de março. A opção por Vitória seria para homenagear o Espírito Santo, onde nasceu o grupo. Para julho está prevista a chegada de aviões cargueiros, segundo o presidente da empresa.