Idaf entrega 27 certificados de Selo Arte para oito agroindústrias capixabas

Com o certificado, produto fabricado de forma artesanal pode ser comercializado em todo País.

Publicado por: Assessoria de Comunicação Em: Geral No dia: 30 de novembro de 2021


O diretor-presidente do Instituto de Defesa Agropecuário e Florestal do Espírito Santo (Idaf), Mário Louzada, entregou na noite da última quinta-feira (25), no evento RuralTurES, que acontece em Venda Nova do Imigrante, 27 certificados de Selo Arte para oito agroindústrias capixabas.

“Fomentar as agroindústrias é prioridade nesta gestão. Publicamos no final de outubro a Instrução Normativa,  que regulamenta a concessão do Selo Arte para as cinco categorias de produtos de origem animal. Com menos de um mês, certificamos quase 30 produtos”, conta Mário Louzada.

Ainda de acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o Selo Arte deve impulsionar o crescimento de agroindústrias no Estado. “O Selo Arte amplia o mercado de venda para todo território nacional, com isso, a produção das agroindústrias deve aumentar,  gerando mais empregos e renda. Outro fator importante, é a valorização do produto capixaba, que com certeza, conquistará o paladar dos brasileiros de Norte a Sul do País”, ressalta o diretor.

O evento reuniu produtores rurais, sindicatos, representantes do agronegócio e autoridades estaduais e municipais. Participaram da entrega dos certificados do Selo Arte, o secretário de Estado da Agricultura, Aquicultura, Abastecimento e Pesca, Paulo Foletto e o deputado federal, Evair de Melo.

A lei é capixaba, a Lei do Selo arte, sancionada em 2019, é do Deputado Federal Evair de Melo.

Para o secretário de Estado da Agricultura, Paulo Foletto, o momento é histórico para o agronegócio capixaba. “O Idaf está realizando um trabalho fundamental de apoio e regularização de agroindústrias, valorizando principalmente a agricultura familiar e impulsionando o crescimento na economia dos municípios rurais do Estado. Estamos confiantes que em breve, os produtos oriundos da agricultura capixaba, se destaque no cenário nacional”, destaca Foletto.

“Só aumenta minha alegria, saber que mais empreenderes receberão o Selo ARTE. O selo ARTE foi uma das grandes reformas que o parlamento brasileiro entregou, e nada mais justo que a partir de Venda Nova do Imigrante, o berço da agroindústria brasileira, receber esses certificados cada vez mais”, disse o deputado federal, Evair de Melo.