Cachoeiro-ES: Vereador anti-vacina recebe enxurrada de críticas na rede social


Publicado por: Marcos Tristão Em: Política No dia: 25 de novembro de 2021


O vereador de Cachoeiro de Itapemirim, Juninho da Cofril (PL), recebeu uma enxurrada de críticas nas redes sociais após declarar não ter se vacinado e ser contra a obrigatoriedade da vacina.

O debate ocorreu após a mesa diretora da Câmara Municipal apresentar projeto chamado “Passaporte de vacinação”, que obriga servidores e vereadores a estarem vacinados para terem acesso as dependecias da câmara.

“O fato de eu não tomar vacina é um símbolo de resistência a essa tentativa ditatorial de impor vacina em caráter emergencial para as pessoas”, disse.

Segundo o vereador, ele sempre foi contra à obrigatoriedade da vacina em caráter emergencial; não se opondo à vacinação. “Sou contra quando tentam dizer que pessoas que não se vacinaram são sub humanas. Sou pior do que qualquer um dos senhores?”, indagou.

O vereador ignora o número de mortes no país e na cidade de Cachoeiro, que perdeu cidadãos ilustres durantes o momento critico da pandemia.

Na rede social o povo indignou-se e não mediu palavras para atacar o vereador negacionista.