Gustavo Varella
Advogado, Professor, Cronista de Rádio e Jornal. Sócio de Varella, Dall'orto & Malek Associados.

Bolsominions x Bolsopatas

Colunistas - 31 de março de 2021
Gustavo Varella

Reparando o comportamento de algumas pessoas em redes sociais consegui definir (para “consumo próprio”) quem é Bolsomínion e quem é Bolsopata. O “bolsomínion” é uma espécie de “Paquita fascista”, que por qualquer motivo que possa chamar atenção sobre sua carente e abandonada pessoa, sai pulando vestido de palhaço verde-amarelo, gritando frases desconexas que ele, o “bolsomínion”, entende como “expressão máxima da inteligência de direita” que acha que o representa (muito embora 99% dos bolsomínions não saibam absolutamente nada de política, de história, quase sempre de português e invariavelmente de qualquer outro tema que fuja de sua limitada “caixinha” de compreensão), como “Ustra Vive”, ou “Intervenção Militar”, e outras idiotices que vistas de longe até divertem pelo ridículo que encerram.

Fazem muito barulho mas não acrescentam nada de novo ao caos que vivemos. Já o Bolsopata é diferente. Esse é o tipo “fundamentalista que invade posts alheios (notem como o Bolsopata nunca escreve um post com mais de duas linhas, quase sempre compartilhando posts de outros bolsopatas ou as famosas fake news, e jamais com alguma idéia própria, uma proposta de reflexão ou uma construção lógica de raciocínio que não contenha palavras ou expressões como “ditadura”, “comunismo”, “calça apertada ”, “foro de São Paulo” ou outras que ele reserva em seu vocabulário recente de militante sem causa) e vomita suas idiotices como dogmas da religião que abraçou, na maior parte das vezes agredindo pessoas que nunca viu ou verá, que não faz a menor idéia de quem sejam nem com quem jamais conviverá, rompe relacionamentos longevos com amigos antigos e até com familiares que pensam diferente e acha que, do latido de um cachorro no meio da noite até uma propaganda de sabáo em pó exibida na Globo (ah, o Bolsopata também chama a Globo de Globolixo, Bonner de Agente do Mal mas paga pay-per-view para maratonar o BBB21) tudo é uma grande armação do comunismo internacional para desestabilizar o governo de seu grande profeta.

Os Bolsominions eu continuo admitindo nos meus posts (mesmo que nunca vá nos deles) porque são divertidos, – como um que essa semana confundiu Lenin (Vladmir Ilich Ulianov) com o cantor Lenine, que eu elogiei – com suas filosofias e argumentos de porta de banheiro de rodoviária. Mas os Bolsopatas, esses, vou bloquear definitivamente. Se os alemães cidadãos normais, nas primeiras marchas dos camisas pardas das SA, tivessem cortado as asas daqueles imbecis, a tragédia que se seguiu poucos anos depois não tinha ocorrido.